17 maneiras de cuidar melhor de si mesmo

Perguntei a 17 especialistas quais eram as suas melhores dicas de cuidado pessoal e aqui está o que eles me responderam:





1.Fazer ioga fora do estúdio:

“Eu uso uma técnica que aprendi em uma oficina de ioga há alguns anos atrás. Ela é baseada no princípio do aquecimento das mãos; eu junto as palmas das mãos e as esfrego vigorosamente até ficarem quentes, então coloco-as sobre as minhas órbitas e deixo que meus dedos descansem sobre a minha testa por quanto tempo for preciso, eu acho que essa é uma forma realmente muito prática de relaxar”, Geralyn Datz, Ph.D.

2.Fazer aquilo que você gosta:





“Eu gosto de fazer as palavras cruzadas do New York Times, principalmente nos finais de semana, quando o jogo fica mais desafiador. Eu fico tão absorvida pelo quebra-cabeça que até me esqueço das preocupações diárias”, Meg Selig, Ph.D.

3.Fazer as coisas mais devagar:

“De manhã eu ando mais devagar que o normal, coloco meu telefone longe de mim e tiro um tempo para olhar em volta e aproveitar o momento em vez de me preocupar com o que vou fazer depois ou no dia seguinte, simplesmente tento curtir o momento presente”, Sam Boardman, MD.

4. Ter um autocuidado Sazonal: 

“Recentemente percebi que quando as estações mudam, alguns hábitos de cuidado próprio também mudam. Por exemplo, eu amo caminhar ao longo do rio no verão e no outono, o ruído da água fluindo ajuda limpar minha mente. Mas nos meses mais frios eu prefiro tomar um banho de espuma quentinho, dessa forma, quando vejo que algum hábito de cuidado próprio não está mais funcionando, logo o substituo por alguma outra coisa”, Heidi Reeder, Ph.D

5. Organizar uma peça da casa:

“Limpar e organizar a cozinha para mim é uma atividade terapêutica, ela é o coração da minha casa, ao organizá-la tenho uma sensação maior de equilíbrio, principalmente porque a minha vida não é tão organizada assim. O curioso é que isso se aplica só para a cozinha, o resto da casa pode estar uma bagunça, mas quando eu limpo a cozinha e vejo os utensílios todos organizados, as bancadas de granito reluzentes, a minha casa e eu estamos em paz”, Michael J Formica.

6. Cozinhar:





“Geralmente faço uma refeição saudável, gosto de planejar toda a refeição antes de fazê-la, vou ao supermercado e compro tudo que for necessário, amo cortar e mexer os alimentos e simplesmente adoro usar uma panela de barro para fazer as minhas refeições, de alguma forma tudo fica mais gostoso com uma panela de barro. Gosto também de convidar os amigos para compartilhar e me divertir”, Therese Mascardo, Psy.D

7. Tentar ser útil:

“Quando estou me sentindo triste e não tenho vontade de fazer nada, o meu mantra é: “Se não posso ser feliz hoje, pelo menos posso ser útil”, isso faz com que eu levante a bunda do sofá e vá fazer alguma coisa, dessa forma desfruto a experiência de estar sendo útil. Faço qualquer coisa, organizo papéis mal arrumados, limpo a casa, calculo a hipoteca, etc”, Mindy Greenstein, Ph.D

8. Brincar com animais de estimação: 

“Deito no chão com os meus três gatinhos, a Larry, a Lily e o Bichon, eles são três bolinhas de pelo branco, correm pela sala e mudam de direção a cada segundo e isso sempre me arranca gargalhadas. Eles acabam sendo os meus lembretes de autocuidado, às vezes eu fico os acariciando enquanto estou deitada ao lado deles, isso me revela o que é importante na vida, as coisas simples”, Barb Markway, Ph.D

9. Mudar suas prioridades: 

“Tenho três prioridades: o sono, os exercícios e as massagens. Coloquei tanta prioridades nos exercícios e no sono que não importa o que está acontecendo na minha vida ou quão bagunçada ela esteja, eu tenho que fazê-los. Lembro-me de que ao me comprometer com eles estou comprometendo também a minha saúde física e mental, assim como a minha eficácia em todas as áreas da minha vida. Eu também reservo algum tempo e dinheiro para massagens musculares que me fornecem uma ampla gama de benefícios, tanto para minha saúde mental quanto física, além do mais é extremamente relaxante e me faz feliz”, Sherry Pagoto, Ph.D

10.Usar a reflexão:

“Todos os dias quando acordo tento me lembrar de todas as coisas que fiz ontem e que não gostaria de lembrar, isso me ajuda a melhorar todos os dias”, Miguel Angel Escoter, Ph.D

11. Fazer coisas que lhe façam sorrir: 

“A minha estratégia para lidar com situações estressantes é assistir ao meu desenho animado favorito junto com as minhas filhas. Durante a tarde vemos “A Hora da Aventura”, gosto muito desse desenho porque ele é meio sem noção e engraçado ao mesmo tempo, ele se adequa a vários tipos de humor. Para muitas pessoas isso pode parecer irrelevante, no entanto, é um jeito que achei de curtir o momento com as minhas filhas e ao mesmo tempo dar umas boas risadas”, Tammy, Ph.D

Fonte: PsychologyToday traduzido e adaptado por Psiconlinews

About the Author Psiconlinebrasil

Tudo sobre psicologia e comportamento.

follow me on:

Leave a Comment: