Principais hábitos que os pais precisam abandonar para não destruir a autoestima dos seus filhos

Shares

pais - pais filhos - Principais hábitos que os pais precisam abandonar para não destruir a autoestima dos seus filhos

Todos os pais querem que seus filhos cresçam e se sintam seguros de si mesmos e consigam lidar com quaisquer circunstância da vida. Mas, sem querer, eles acabam fazendo exatamente o oposto do que desejavam. Na maioria das vezes isso acontece através de palavras e atitudes que destroem a autoestima da criança.





A criança precisa que seus pais a apoiem e incentivem em todas as coisas boas que fazem. Embora isso pareça um absurdo para os pais, para as crianças não é. Se os pais fornecerem uma orientação adequada conciliada com palavras de incentivo, podem tornar a vida e o futuro de seus filhos muito melhor, além de fazer com que eles tenham o amor e o carinho que toda criança merece.





Às vezes os pais podem inadvertidamente dizer coisas ruins para que seus filhos se comportem de determinada maneira, e isso faz com que a criança se sinta desvalorizada. O pior de tudo é que ela terá a autoestima extremamente baixa e se tornará uma pessoa dependente e insegura. Por isso, é necessário que os pais tomem conhecimento de alguns erros que cometem para não repeti-los.

A seguir estão alguns erros que muitos pais cometem durante a criação de seus filhos e algumas maneiras de lidar com isso:

Fazer tudo para eles:

Os seus filhos devem fazer os trabalhos de casa por conta própria, caso contrário eles não irão mais fazê-los, pois acharão que não é responsabilidade deles, já que no fim das contas os pais acabam fazendo. Cabe aos pais a consciência daquilo que os filhos são capazes de fazer por conta própria e o que ainda não são. Não estou falando aqui em obrigar o seu filho a fazer as coisas, mas sim em ajudá-los a se sentirem bem consigo mesmos para que possam criar um senso de conquista e realização, além de, claro, o aprendizado.





Você pode estar tentando demonstrar o seu amor fazendo tudo para eles, mas saiba que na verdade isso pode acabar prejudicando-os futuramente. Quando você faz isso, acaba negando-lhes a oportunidade de aprender habilidades importantes, que são necessárias para a vida, a falta dessas habilidades pode prejudicá-los seriamente durante a vida adulta. Sempre fazer as coisas para os seus filhos fará com que eles se sintam incapazes de obter aquilo que desejam.

Como corrigir isso:

Em vez de fazer tudo para os seus filhos, você pode ajudá-los para que consigam fazer as coisas sozinhos. Dessa forma, se eles errarem, terão a oportunidade de tentar novamente e aprender com os próprios erros. Apenas mostre o caminho e deixe que eles andem com os próprios pés, dessa forma a autoestima deles será reforçada.

Dizer: “Isso é fácil”

Algo que para você é fácil, para o seu filho pode ser difícil. Então, evite dizer essa sentença, tente entender o problema pelo qual seu filho está passando e ajude-o com suas dúvidas.

O que acontece quando você diz que algo é muito fácil:

Quando você diz (achando que está dizendo algo positivo) algo como: ” Isso é muito fácil, você consegue fazer”,  você está tentando motivar e incentivar seus filhos, mas a realidade é que eles podem pensar que há algo de errado com eles, porque para eles pode não ser nada fácil. Dessa forma eles se sentem desencorajados e perdem vontade de progredir. E sim, isso pode prejudicar seriamente a autoestima dos seus filhos.

Como proceder:

É importante que em vez de dizer coisas como “Isso é fácil”, você diga: “Isso pode ser difícil, quando eu tinha a sua idade, eu tive um problema parecido, mas com persistência consegui resolver”. Assim, a criança entenderá que poderá ser difícil no início, mas se ela trabalhar duro obterá bons resultados. Isso vai deixá-la motivada e irá reforçar a sua autoestima.

Não permitir que elas cometam erros:

Se você só falar dos erros do seu filho e enfatizá-los, ele irá pensar que é incompetente, pois só comete erros. Os erros fazem parte da vida e temos que aprender com eles (adultos e crianças). Você pode pensar que falar para o seu filho não cometer erros irá ajudá-lo a não cometê-los… mas isso vai incapacitá-lo perante a vida e a sua autoestima será muito prejudicada.

Se você não permitir que eles cometam erros:

Se você ensiná-lo que cometer erros é uma coisa ruim, ele vai começar a pensar que é incapaz ou inútil, dessa forma se tornará uma pessoa dependente, com uma visão distorcida de si mesma. Você não pode roubar a oportunidade que os seus filhos têm de aprender com os próprios erros, admitir que estão errados e ter a oportunidade e a satisfação de resolver os problemas. 

O que fazer para ajudar o seu filho:

Em vez de não permitir que eles cometam erros, ensine-os a fazer as coisas da melhor maneira possível, e serem responsáveis pelas próprias ações. Assim eles terão uma visão saudável dos próprios erros e perceberão o quão úteis podem ser.

About the Author Psiconlinebrasil

Tudo sobre psicologia e comportamento.

follow me on:

Leave a Comment: